Ação integrada do Estado concluiu entrega de 20 toneladas de alimentos na região Sudeste

A comitiva do Governo do Estado que saiu de Belém, na quarta-feira (19), transportando cerca de 20 toneladas de alimentos, concluiu a entrega de centenas de mercadorias aos povos indígenas dos municípios de Tucuruí e Marabá e aos moradores do entorno da Usina da Paz, atualmente em construção na cidade de Parauapebas, sudeste paraense.

Na sexta-feira (21), no Carajás Centro de Convenções de Marabá, representantes do Estado e das etnias Suruí-Aikewara e Gavião, participaram de cerimônia para entrega simbólica das cestas. Hellen Mendonça, da coordenadoria regional da Funai (Fundação Nacional do Índio), agradeceu e explicou que as aldeias estão cumprindo isolamento, portanto para garantir a segurança e a saúde de todos, a logística será de responsabilidade da própria Funai e deve começar imediatamente.

A Cacique Katia Silene, do povo Gavião Akrãtikatêjê (da Montanha) e neta da primeira indígena a receber vacina contra a Covid-19 no Pará, não mediu palavras e elogiou a atuação do governo do Estado nas comunidades tradicionais. 

“Essas cestas vão chegar na minha aldeia e muitas famílias serão beneficiadas. Eu tô muito contente pelo meu povo. O governo está de parabéns porque sempre somos assistidos, não só em cesta, mas em outros projetos, o que quer dizer que ele tá sempre olhando por nós e não estamos desamparados”, comentou a cacique. 

 A medida é fundamental e garante a alimentação de centenas de famílias. Os insumos foram adquiridos através da doação de 1 milhão de dólares (R$ 5,38 milhões) da Open Society Foundations, rede internacional de filantropia que apoia financeiramente grupos da sociedade civil em todo o mundo. A entidade fez a doação ao programa Territórios Pela Paz, do Governo do Estado do Pará, para investimentos em ações de enfrentamento à Covid-19, amenizando os impactos da pandemia à população em vulnerabilidade.

Durante a manhã de sábado (22), já em Parauapebas, moradores do Território pela Paz no município, foram até a Unidade Integrada ParáPaz para receber suas cestas de alimentos. Walquíria Alves, de 37 anos, uma das beneficiadas na ação, já estava ansiosa para chegar em casa e cozinhar o almoço para a família com os itens que acabara de receber. “Já vi que tem macarrão e hoje vou fazer uma macarronada que meus filhos adoram. É uma alegria sem tamanho e eu economizo nas compras de casa”, comentou a dona de casa ao garantir sua cesta. 

O coronel Marcos Lopes, da Seac, reiterou que “a iniciativa foi organizada pra mostrar que vocês não estão sozinhos e que estamos construindo um grande complexo porque queremos fazer uma segurança pública diferente”. 

A iniciativa é do Governo do Pará, por meio da Fundação ParáPaz, Secretaria Estratégica de Articulação da Cidadania (Seac) e Ouvidoria Geral do Estado.

Por Nathalia Mota (PARAPAZ)